quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Eu andei tanto tempo
Procurando um canto,
Pra fugir do medo
De não ter dinheiro
De não ter tamanho
A dor e o desencanto
De não ter, talvez aquilo
Que vim procurar,
Que não consegui lhe dizer
Que existe outro lugar
De não poder intervir
Na violência, e no que será?
E lhe dizer que nessa guerra
Só a paz e o amor
Dissolverão sua dor

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal. Escreveu o que todos nós sentimos e transformou eum palavras... palavras com sentido!

Abração e sucesso pra vocês!!! Mel e Du!!!

Danny Doo

prima

João disse...

Bela e dolorida poesia.

Sentimento comum a todos.

Merikol Du'arte disse...

Amor, sempre siga os seus sonhos. Realize-os.


Te amo.